Sem categoria

Tudo o que você sempre quis saber sobre Sapatos.

Da Ankle Boot ao Peep Toe, Vou te explicar tudo sobre os modelos de Sapatos mais adorados pelas Mulheres .

Se você é do tipo ADORA Sapatos, mas sempre se complicou na hora de explicar as diferenças entre Scarpin, Mule e Chanel…vou colocar vários modelos para que na sua próxima compra, você ja vai saber as diferenças entre eles. Preparadas??? Então vamos la:

Scarpin (ou escarpam)

É o Sapato Clássico dos clássicos. Ele é fechado na frente, dos lados e atrás, deixando apenas o peito do pé exposto. Pode ter o bico fino, arredondado ou quadrado. Seus saltos medem a partir de 4 cm e quando são altos a partir de 10 cm e finos são chamados de Stilettos – ótimos para alongar a silhueta!!! Vale combinar os Scarpins com quase todos os tipos de roupas, com shorts, calças skinny e saias curtas, por exemplo, eles dão um ar glamouroso ao visual. Se quiser um tom mais moderninho, aposte nos modelos coloridos.

Mule

Original do Marrocos e muito usado pelos Hippies na década de 1970, o mule é uma espécie de tamanquinho, fechado na frente e aberto atrás, que deixa o calcanhar de fora. Seu bico é geralmente fino (mas também pode ser quadrado) e possui saltos medianos (5cm). É ideal para visuais mais despojados e pode ser usado com calças capri, vestidos, saias e bermudinhas. Se a ocasião é mais formal, os mules devem ser evitados.
Chanel
“Primo” do Scarpan, O chanel diferencia-se por ser aberto atrás e possuir uma tira que passa sobre o calcanhar eabaixo do tornozelo. Seu bico pode ser fino, quadrado ou arredondado. O modelo crisdo nos anos 1960 pela famosa estilista Coco Chanel, e em suas primeiras versões, possuia o bico em cor mais escura, formando um visual bicolor. Funciona como uma espécie de coringa nas produções, seja com a dupla jeans e camiseta ou com saias e vestidos longuetes.

Peep Toe

Possui uma frente mais arredondada, deixando à mostra a pontinha dos pés (o nome vem do inglês: peep= começar a aparecer e toe = dedo). O modelo, um dos preferidos nos anos 1940, hoje é utilizado para dar um toque mais retrô ou romântico às produções.
Aposte no Peep Toe com jeans, saias e vestidinhos.

Sapatilha

Já se foi o tempo em que só as mais altas podiam abusar das sapatilhas. Adotada do figurino das bailarinas clássicas, a sapatilha ganhou roupagens mais moderninhas, sendo confeccionadas em diferentes materiais, cores e estilos.

Sapatilhas combinam jeans skinny e capri, shorts, minisaias, meia-calça e vestidinhos. As mais ousadas podem se jogar nas estampas em oncinha e nos estilos college e vintage.

Mocassins

O modelo inventado pelos índios norte-americanos para proteger seus pés do frio, era inicialmente fabricado com cascas de árvores. Hoje os mocassins podem vir sob vários materiais e acabamentos, como verniz, camurça e couro, mas sempre com a costura alinhada para fora (igual como os indios usavam!). Do salto baixo ao altíssimo, são capazes de conferir tons diferentes ao look, indo do casual ao mais sofisticado. Nas produções esportivas, por exemplo, combinam com calças de sarja, bermudas e macaquinhos.

Sandalias


Modelo preso ao solado apenas através de tiras grossas ou finas, deixando boa parte do pé exposta. É o mais prático e democrático dos calçados e combina com todos os estilos de roupa, materiais, alturas e cores. As rasteirinhas ajudam a compor uma produção mais despojada enquanto as de salto alto proporcionam um visual mais sexy e sofisticado. Uma de suas versões mais em alta é o ousado tipo gladiador, sem salto e com tiras presas ao tornozelo, que vai bem com shorts, calças largas e vestidinhos.

Botas

É o calçado oficial do inverno e dos lugares frios, por cobrir parte da perna. Pode ir do meio do tornozelo até o joelho e apresenta vários tipos de bicos, materiais e tamanhos de salto. Os modelos de cano alto e salto fino são mais indicados para pessoas esguias e de pernas longas; as baixinhas devem optar pelos canos de altura média, que podem ser combinados com saias longas ou calças mais retas. Neste Inverno, a sensação tem sido os tipos que misturam botas e sandalias (as sandal boots) e deixam os dedos à mostra. Odiado por umas e amados por outras, o estilo é radical.
Ankle Boot



Bota de cano extremamente curto, termina no tornozelo (ankle, em inglês) ou longo no comecinho da canela. Versátil e fashion, pode ter bico e salto mais finos, ideal para a balada, ou ser mais baixa e arredondada, que combina melhor com um estilo esportivo. A ankle boot pode compor ul look moderninho com leggin, calça skinny ou meias grossas. Mas é preciso ficar atento: o modelo é indicado apenas para quem tem tornozelos finos e pernas longas, pois ele achata a silhueta.

Mary Jane

Conhecido como “sapato de boneca” o calçado tem o bico e o “decote” arredondados, saltos medianos ou altos e uma tira que atravessa o peito do pé, presa por uma fivelinha ou velcro. Com um ar ao mesmo tempo infantil e sofisticado, é perfeito com saias e vestidos curtos.

Aproveitem as Dicas e Boas compras.
Adoro Sapatos!!!

Formada em Téc. Em Estilismo e Coordenação de Moda e Consultoria de Imagem, criei o blog em 2008 como um estímulo nas pesquisas diárias na área de moda.

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *